A Mulher e Suas Várias “Profissões”

guest post_cabeçalho

Uma das queixas mais comuns das mulheres que estão inseridas no mercado de trabalho atual é o fato de não conseguirem encontrar tempo o suficiente para seu lado mãe e esposa, visto que o lado corporativo tem exigido também muito tempo e energia. De fato, pesquisas recentes na área de Recursos Humanos mostraram que mais de 80% das mulheres preferem cargos de menos responsabilidade e salários menores no lugar de cargos de liderança e alta responsabilidade – tudo para não colocar em xeque as outras responsabilidades que tem fora da empresa. Porém, não é isto o que geralmente acontece na prática.
Ao olhar esta realidade, me parece que estamos ainda passando por uma fase de transição da mulher exclusivamente como núcleo e pedra fundamental da família para a mulher que busca oportunidades de realização pessoal no mercado de trabalho, trabalhando e competindo muitas vezes como os homens, mas que precisa encontrar o equilíbrio entre estes dois papéis – ou renegar um deles definitivamente, sob pena de arriscar sua saúde física ou mesmo mental (o que acarreta frustração, ansiedade, e até mesmo depressão).
Vejo que o ponto de decisão para cada mulher é, sem dúvida, uma escolha pessoal e muito conectada com seus valores e objetivos individuais. É preciso conhecer-se, buscar dentro de si quais são suas necessidades mais importantes, pois só assim não se correrá o risco de trilhar a estrada errada e demorar tempo demais para perceber!

article-2298347-18E51F26000005DC-324_634x555

Para aquelas mulheres que assumiram de vez suas várias profissões, porque querem (e precisam) ter um papel ativo tanto em casa como na empresa, vale a pena lembrar que você não deve estar sozinha em casa, assim como não está no trabalho. É possível aprender algumas lições corporativas e leva-las para dentro de casa também, como o trabalho em equipe e o estabelecimento de metas e planos de ação. Por exemplo: que tal redistribuir tarefas domésticas com marido e filhos? Fazer revisões periódicas sobre como anda a saúde emocional e financeira da família, e se preciso for, ajustar alguns detalhes, a fim de encontrar mais realização e felicidade de todos?
Com certeza, não existem respostas mágicas que servirão para todas as mulheres ou para qualquer família, mas cabe a cada uma encontrar os ingredientes que lhe trazem mais satisfação e alegria e que por consequência a tornarão uma melhor mãe, melhor esposa, melhor profissional – enfim, uma mulher mais plena onde quer que decida estar!

6 comentários sobre “A Mulher e Suas Várias “Profissões”

  1. Gostei! Não devemos estar sozinhas em casa… metas e planos de ação serão implementados sem que o autor das queixas seja mudado…? Dá o que pensar. Que tal um post sobre isso?

    Curtir

  2. Estabelecer boas parcerias no trabalho e em casa é fundental! Temos que admitir que é impossível fazer tudo sozinha focar no que é essencial e pedir ajuda para aquilo que não podemos fazer. Uma boa escola pode ser a parceria ideal para nossa maior missão: educar e cuidar das nossas crianças.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Parabéns pelo post! Assunto muito bem-vindo em nossa realidade onde as mulheres estão de fato mudando o perfil! Identifiquei-me com as múltiplas funções e tentarei dividir melhor as tarefas em casa.

    Abraço.

    Roberta.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s